Viagem ao Rio de Janeiro

prontario-1-horz

    Oi minhas lindas e meus lindos, hoje eu vim trazer pra vocês um pouco de como foi minha viagem ao Rio, pra quem me acompanha e quer saber como foi e pra quem pretende viajar e não conhece nada.

No texto abaixo além de contar quase tudo pra vocês eu dou algumas dicas principalmente pra quem vai como eu fui, com pouco dinheiro e com roteiro próprio. E sim é possível ir ao Rio de Janeiro ou a qualquer lugar do mundo sem gastar absurdos, basta saber como gastar e com o que gastar, pesquisar preços, não aceitar qualquer proposta, ou seja, ser esperto. Sem mais delongas vamos ao diário.

Primeiro dia

Chegamos por volta das 8:00 da manhã no Aeroporto Galeão, pegamos nossas bagagens e fomos à procura de um taxi para ir até o hostel. Tinha umas empresas dentro do próprio aeroporto que ofereciam a viagem para Copacabana, para onde estávamos indo, por 130 reais. Eu logo desconfiei que devia ter preços menores lá fora e um cara nos ofereceu a mesma viagem por 70 reais, foi aí que pegamos o taxi e conhecemos Edson, um taxista carioca que também é bombeiro. O passeio de uns 40 minutos com ele foi muito divertido, ele nos contou um pouco de como é morar no Rio de Janeiro e até aconselhou que fossemos morar lá depois que contamos como os salários são baixos aqui na Paraíba (rs). Também vimos praticamente a cidade inteira pela janela, passamos em frente a lagoa Rodrigo de Freitas, que é mais bela ao vivo do que nas novelas.

Ao chegarmos no Hostel encontramos uma atmosfera muito cultural, eram pessoas de várias nacionalidades misturadas, gente de todos os estilos e gostos, muito interessante para quem quer conhecer novas pessoas e culturas. Nós deixamos as malas no hostel e saímos para conhecer o bairro, Copacabana é cheio de lojas restaurantes e também pessoas de todos os lugares do mundo.     Os preços são muito variados, dá para encontrar refeições de 20 e até 100 reais em restaurantes muito próximos. Fiquei encantada ao ver as ruas lindas cheias de árvores enormes que antes só via na televisão. O rio de Janeiro é muito quente, é preciso usar roupas muuuito leves, senão é dificil suportar. Na beira da praia a sensação era de que o calor duplicou, mas nada estragava aquela paisagem incrível. Encontramos um quiosque para almoçar a beira mar, o prato era barato, acho que paguei cerca de 30 reais no almoço, e depois voltamos por hostel para tomar banho e curtir mais um pouco do bairro à tarde.

Ao voltarmos à praia eu encontrei a estátua de Carlos Drummond de Andrade, eu estava achando tudo lindooo, essa estátua é um dos símbolos do Rio, adorei poder estar lá. Depois fomos conhecer o forte de Copacabana, um lugar histórico muito seguro e muito bonito que sem dúvidas vale muito a pena conhecer, o ingresso é uns 6 reais mas estudante ainda paga meia. Lá dentro encontramos o Café do Forte, que é uma das várias unidades da Confeitaria Colombo que existe a mais de 120 anos no Rio. O lugar é lindíssimo, a decoração é vintage e o menu conta com salgados e doces finos, chá, café, chocolate quente, etc. Lá comi o folhado mais saboroso da minha vida então, vale muuuito a pena. Quando saímos já era noite e nos deparamos com uma belíssima vista da cidade a noite. Depois saímos andando pela orla até chegar em Ipanema, lá não estava tão movimentado então ficamos apreensivas e voltamos para Copacabana. Ficamos passeando por lá um pouco e depois voltamos pro hostel e dormimos.

12742762_831921486911941_41553397818943372_n

Segundo dia

No segundo dia acordamos um pouco tarde, tomamos café da manhã no hostel e saímos para o Cristo. Um amigo nosso disse que era muito simples andar de ônibus no Rio, então dispensamos o táxi e pegamos o busão mesmo. Realmente é muito simples, os ônibus que levam aos pontos principais da cidade tem ar-condicionado (O que não é novidade alguma para quem mora em cidades mais desenvolvidas, mas para nós daqui de João Pessoa é sonho rs).

Chegamos até a praça São Judas Tadeu, que fica próxima ao Corcovado e nos dirigimos à estação do trem que leva até o Cristo, mas já era muito tarde e já havia muita gente esperando pra pegar o trem então decidimos subir de Van. A van fez duas paradas, uma no Mirante e outra no heliponto, a vista dos dois é MARAVILHOSA, depois continuamos subindo até chegar mais próximo ao Cristo, como não dá pra a van chegar até lá em cima a gente tem que pegar escada mesmo, mas também da pra subir o restinho de elevador, é só esperar na filinha. Lá em cima faz muuuuuuuuito calor, mais do que já estava fazendo (rs), isso expulsa um pouco a gente do Cristo, só deu pra ficar lá uns minutinhos, mas já valeu a pena.

12805756_833817793388977_2045795325568730446_n

Depois de descermos de lá voltamos para almoçar em Copacabana, escolhemos o restaurante Rian, que fica bem próximo a praia, o ambiente é requintado e a comida é boa, mas um prato definitivamente é pra duas pessoas kkk. Depois do Cristo estávamos tão cansadas que não deu pra irmos ao Pão de Açucar, então voltamos pro Hostel e dormimos um pouco, depois saímos para o shopping Rio Sul e eu encontrei uma mega liquidação na Zara e comprei um look por 60 reais (INCRÍVEL). Depois pegamos um táxi para voltar ao hostel por que já era tarde e estava chovendo.

 

cristo

Terceiro dia

Acordamos e fomos tomar café perto da praia, depois pegamos um ônibus para o centro para ir conhecer o Museu do Amanhã.

Chegando lá me deparei com outra vista linda ( como na maior parte da cidade), e também pude perceber a presença da polícia e de guardas municipais, o que torna o local seguro, diferente do que haviam me contado. Havia uma fila relativamente grande para entrar ela andava rápido, o que torna a espera pior é o calor imenso que faz no Rio, mas pelo menos assim que você entra no salão frontal já tem ar-condicionado.

A entrada custa 10 reais e estudante também paga meia lá, então paguei apenas 5. Quando você paga recebe um cartão que você vai usar para entrar na exposição principal e para os paineis interativos e games que tem dentro do museu. A exposição principal é um planetário onde eu aconselho que deitem no chão para ter uma experiência melhor. Começa a exibição de um vídeo incrível sobre o universo e o ser humano ( não vou dar spoiler, rs), mas se forem no Rio não deixem de conhecer esse museu, você sai de lá pensando diferente sobre várias coisas, é realmente uma experiencia sem igual.

Fomos em seguida para o jardim botânico, nos arrependemos por não ter ido de táxi, pois de ônibus a viagem durou cerca de 40 minutos já que estávamos no centro e o jardim botânico fica perto da Gávea, que é do outro lado do Rio. Ao chegarmos lá já estávamos muito enfadadas por causa do calor e as meninas não tiveram disposição pra ver muita coisa, queria ter visto o orquidário e até filmado pra vocês mas não rolou mesmo galera (rs). Como o jardim botânico é enorme, não cometam o mesmo erro que eu separem um dia inteiro só pra esta visita, que também vale muito a pena.

Na volta pra Copacabana pegamos um táxi e o taxista era maluco, rimos bastante e cantamos Raça Negra comm ele, ele também contou várias coisas legais sobre o Rio, demos muita sorte com taxistas nessa viagem. Ao descermos em Copacabana fomos a feirinha que tinha lá, onde vende muita lembrancinha por um preço bom, lá também encontramos o rapaz de uma agencia de turismo e aproveitamos para agendar nossa visita a Búzios que foi no dia seguinte. Sim, nós deixamos para a agendar a viagem lá, o que foi arriscado até perdemos a viagem com a agencia que esperávamos ir,que era a Rio Máximo, mas de certa forma foi até bo, por que eles cobravam 200 reais e indo com a By Rio conseguimos a mesma viagem por 130 reais. Depois da viagem resolvida compramos algumas lembrancinhas, jantamos e voltamos pro hostel.

 

20160227_131739-1

Quarto dia

No quarto dia acordamos bem cedo e fomos para Búzios, pegamos um barco no Pier da cidade e fomos em direção a algumas ilhas, o lugar é lindo, maravilhoso, a água tem uma cor lindíssima. Na volta paramos na famosa Rua das Pedras em Búzios e lá encontrei um Outlet muito legal com preços ótimos, mas não comprei nada não kk ( Mas pra quem quiser fica a dica). Lá tem muito lugar pra tirar fotos incríveis e pra comprar roupas e comer bem também. Quando voltamos de lá já era noite e só fomos dormir.

prontario-1

 

Quinto dia

No quinto dia acordamos e percebemos a chuva, nós tínhamos planejado visitar o Pão de Açúcar mas não deu, então apenas fomos para o Shopping novamente e eu aproveitei pra comprar uma blusa pra a minha mãe, mas não gravei nada por que nem tinha o que.

Bom, a viagem foi mesmo incrível, as belezas que eu vi ninguém tira de mim e isso vale muito a pena. Eu indico super o Rio de Janeiro, achei uma cidade ótima de se visitar, quase tudo já é pensado para turistas, é muito fácil encontrar o que fazer e o que comer. Eu gostaria de ter aproveitado muito mais, só que infelizmente não estava de férias e só deu pra ficar 5 dias mesmo, mas eu amei tudo. Espero que gostem do post e do vídeo. Beijos

 

O vídeo:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *